Polícia Federal prende três por pornografia infantil durante operação no Rio Grande do Sul

Polícia Federal prende três por pornografia infantil durante operação no Rio Grande do Sul

Ação contra pedofilia ocorreu em Porto Alegre, Canoas, Pinhal e São Jerônimo

Correio do Povo

Todo o material apreendido seria periciado

publicidade

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira a operação Adsumus, cujo objetivo é a repressão à divulgação de pornografia infantil através da internet e de redes sociais. Três pessoas foram presas em flagrante por posse ou compartilhamento de conteúdo de pedofilia. Tratam-se de indivíduos de 30, 34 e de 51 anos, incluindo um comerciário e um analista de marketing.

Os agentes cumpriram cinco mandados de busca e apreensão em Porto Alegre, Canoas, Pinhal e São Jerônimo. Computadores, telefones celulares e mídias para armazenamento de arquivos digitais foram apreendidos. Todo o material recolhido será periciado. 

As investigações começaram a partir de informações recebidas através do Serviço de Repressão aos Crimes de Ódio e Pornografia Infantil da Polícia Federal.

A ação contou com o apoio do Centro de Referência em Atendimento Infanto-Juvenil do Instituto Geral de Perícias (IGP) na avaliação de possíveis menores vítimas de abuso por parte dos investigados.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895