Polícia Federal transfere preso gaúcho para penitenciária no Rio Grande do Norte
capa

Polícia Federal transfere preso gaúcho para penitenciária no Rio Grande do Norte

Acusado cumpria pena na Pasc

Marcos Martins Antunes, o Marquinhos, embarcando para o RN em aeronave da Polícia Federal, no Aeroporto Salgado Filho

publicidade

O homem acusado como mandante da execução de Bruno Dorneles Ribeiro, 24 anos, na rodoviária de Porto Alegre, em 2016, foi transferido para a Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte. O criminoso, que cumpria pena na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc), embarcou para o Nordeste na sexta-feira pela manhã. Por motivos de segurança, a informação só foi divulgada neste sábado pela Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). A transferência foi realizada pela Polícia Federal.

O homem liderava o tráfico de drogas em São Borja, na Fronteira Oeste, onde estaria sendo ligado aos diversos casos de execução, ordenados de dentro da cadeia. Ribeiro foi uma das vítimas. Às 7h do dia 8 de novembro de 2016, depois de desembarcar do ônibus que o trouxe da cidade, ele foi morto na Rua da Conceição, ao lado da Rodoviária de Porto Alegre. O jovem se deslocava até a Capital para fugir de ameaças feitas por um grupo criminoso que atuava no município da Fronteira Oeste.