Polícia investiga fuga de paciente com Covid-19 de hospital de Porto Alegre
capa

Polícia investiga fuga de paciente com Covid-19 de hospital de Porto Alegre

Poder Judiciário deverá decidir pela possível internação compulsória da mulher

Por
Felipe Samuel

publicidade

A 14ª Delegacia de Polícia investiga a fuga de uma paciente do Hospital Nossa Senhora da Conceição diagnosticada com o novo coronavírus. Conforme a ocorrência, a mulher, que também apresentava quadro de tuberculose, deixou o hospital em Porto Alegre na tarde de sábado. Como a Covid-19 é uma doença contagiosa, o boletim de ocorrência foi também encaminhado ao Ministério Público estadual. O Grupo Hospitalar Conceição (GHC) informa que a direção não vai se manifestar sobre o assunto.

O delegado Leandro Cantarelli explica que apesar da paciente já ter sido identificada, cabe ao Poder Judiciário decidir se deve ser realizada a internação compulsória da mulher. De acordo com Cantarelli, o caso será encaminhado à Justiça, uma vez que é considerado crime de menor potencial ofensivo. "É um caso complicado, pois tem essa questão que envolve a quarentena. A Justiça que vai decidir sobre isso, por mais que tenham decretos estaduais, nada disso gera prisão", observa.


De acordo com o delegado, a mulher já foi identificada. "Pode ter multa, mas eles (Judiciário)têm que aplicar", destaca. Cantarelli afirma que vai analisar o registro e a documentação anexada pelo hospital na ocorrência. "Quero que hospital me dê a documentação comprovando que a paciente testou para a doença, quero uma cópia", acrescentando que um colega de plantão repassou a ocorrência 'de forma virtual'. "Fisicamente quero ver o que tem anexado", avalia.