Polícia recupera pitbull em meio a operação de combate ao tráfico de drogas
capa

Polícia recupera pitbull em meio a operação de combate ao tráfico de drogas

Ação em Canguçu terminou com dois presos, além da apreensão de drogas e armas

Por
Angélica Silveira

Cachorra furtada foi devolvida aos seus donos

publicidade

Em meio a uma operação da Polícia Civil em Canguçu, no Sul do Estado, uma cachorra que havia sido furtada foi recuperada e entregue aos seus proprietários. Ela estava sozinha, sem comida e sem água em um apartamento de condomínio popular do município. A ação dos policiais resultou em duas prisões, além da apreensão de drogas, armas e um veículo furtado.

De acordo com a delegada Lisiane Mattarredona, responsável pela delegacia de Canguçu, o animal estaria sendo treinado pelos bandidos para ficar com raiva e defender o grupo que a furtou. A cachorra, da raça pitbull, já foi devolvida a seu dono. “Ele havia registrado o furto do animal e nós tínhamos ciência de que a cachorra poderia estar lá. Só não imaginávamos que estaria trancada e sozinha”, disse a delegada.

A recuperação se deu em meio ao cumprimento de 19 mandados de busca e apreensão e três de prisão – dois dos alvos já estavam presos no Presídio Regional de Pelotas. Além do cumprimento do mandado de prisão contra o terceiro alvo, um outro homem foi preso em flagrante por posse de arma de fogo e tráfico de drogas. Um adolescente também foi encaminhado à delegacia ao ser flagrado com uma arma de fogo, que, segundo a delegada, pode ter sido usada em um homicídio em Canguçu.

A operação, batizada de Revide, apreendeu duas armas de fogo, 1,5 quilo de maconha, cerca de 10 gramas de cocaína e recuperou um automóvel que tinha sido roubado em Canoas.