Preso suspeito de matar jovem catarinense
capa

Preso suspeito de matar jovem catarinense

Ex-companheiro da mãe da vítima, suspeito é gaúcho e mora em Três Cachoeiras

Por
Correio do Povo

Corpo de Brenda Rocha Carvalho, 14 anos, foi localizado no sábado passado em uma plantação de eucaliptos em Passo de Torres

publicidade

A Polícia Civil de Santa Catarina confirmou a prisão do assassino da adolescente Brenda Rocha Carvalho, 14 anos, cujo corpo foi localizado no sábado passado em uma plantação de eucaliptos em Passo de Torres, perto da divisa com o Rio Grande do Sul. 

Residente em Maracajá, a vítima foi morta com mais de 14 facadas. O suspeito, de 30 anos, é gaúcho e morador de Três Cachoeiras. Companheiro da mãe da menina, ele foi preso nesta terça-feira pela equipe da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Araranguá, quando encontrava-se em um pronto atendimento médico em Torres. “Trabalhamos para conseguir apurar essa autoria. Conseguimos coletar várias imagens de câmeras de segurança, fizemos análises, conseguimos traçar o veículo, identificá-lo e também quem era o indivíduo”, destacou o delegado Lucas Rosa. 

As primeiras informações apontam que ele matou a menina por vingança, já que acreditava que estava sendo traído pela mãe dela e tinha muito ciúme. A faca usada no crime foi apreendida. Um Chevrolet Celta também foi recolhido. O indivíduo, que deve ser ouvido pelos policiais civis catarinenses, teve a prisão temporária decretada. 

A vítima, que sonhava em ser aeromoça, havia desaparecido no final de sexta-feira passada quando saiu de casa para fazer as unhas. Sem contato desde então, a família registrou boletim de ocorrência do desaparecimento. Em nota, a Prefeitura de Maracajá informou que Brenda era aluna do sétimo ano da Escola de Educação Básica Municipal Nivaldo Rocha. “Todos os esforços para conforto social e psicológico da família estão sendo encaminhados pelos respectivos departamentos municipais”, informou em nota oficial.