Presos dois suspeitos de envolvimento na morte de seis pessoas na Bahia

Presos dois suspeitos de envolvimento na morte de seis pessoas na Bahia

Homens armados chegaram e houve um tiroteio, deixando 12 pessoas ficaram feridas

Correio do Povo

publicidade

Dois homens, suspeitos de participação no tiroteio que deixou seis mortos e 12 feridos durante uma festa em Salvador, capital da Bahia, foram presos na manhã desta quarta-feira. A informação é do jornal A Tarde. Eles, conforme o periódico, estavam entre os feridos em uma unidade de saúde. A Polícia Civil segue as investigações, buscando outros envolvidos na matança da madrugada desta quarta-feira. A prisão foi realizada por equipes do Núcleo de Operações do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da capital baiana.

O Departamento de Inteligência Policial e o Departamento de Polícia Metropolitana também participam das operações policiais. A diretora do DHPP, delegada Andréa Ribeiro, afirmou que a motivação do crime será definida após a prisão dos outros envolvidos no crime. “Com a detenção desses dois supostos envolvidos conseguiremos chegar a outros que participaram da ação e, assim, à motivação do crime”, comentou a delegada. 

 A chacina ocorreu na localidade conhecida como Pistão. Várias pessoas estavam na rua dançando e bebendo. De acordo com a Polícia Civil, o tiroteio teve origem com a chegada de um bando armado que entrou em confronto direto com outras pessoas que também estavam armadas e participavam da festa. A Polícia Civil acredita que o crime tenha relação com a disputa pela hegemonia do tráfico de drogas na região.

Muitos adolescentes, com idades entre 14 e 16 anos, se divertiam dançando. Um dos jovens, inclusive, tinha ido com o pai para a festa. Outros estavam sozinhos. As vítimas, conforme a Polícia Civil baiana, foram identificadas como Adriane Oliveira Santos, Alexsandro dos Santos Seixas, Brenda Buri, Deivison da Conceição Santos Santana, Jailton Sales dos Santos e Terezinha Sales dos Santos. Dois dos homens, de acordo com a Polícia Civil, morreram no local. Policiais militar encontraram os corpos dos dois.

Alguns feridos foram socorridos por populares e levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santo Antônio, antes mesmo da chegada da Polícia Militar. Outros baleados foram encaminhados para o Hospital Geral do Estado, para o Hospital do Subúrbio e para a UPA de San Martins. Ainda não há detalhes sobre o estado de saúde dos feridos. Agentes do DHPP procuram por imagens de câmeras de monitoramento que mostrem os criminosos. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895