PRF apreende 2,1 toneladas de maconha que vinham para o Rio Grande do Sul

PRF apreende 2,1 toneladas de maconha que vinham para o Rio Grande do Sul

Avaliada em R$ 4,5 milhões, droga estava em fundo falso de caminhão baú abordado na BR 480, em Chapecó, em Santa Catarina

Correio do Povo

Preso, o motorista alegou não saber qual cidade gaúcha era o destino do entorpecente

publicidade

O Rio Grande do Sul era o destino final das cerca de 2,1 toneladas de maconha que foram apreendidas pela Polícia Rodoviária Federal em Santa Catarina. O flagrante ocorreu na noite dessa segunda-feira na BR 480, em Chapecó. O prejuízo ao narcotráfico foi estimado em torno de R$ 4,5 milhões.

Segundo a PRF, a droga estava escondida em um fundo falso na carroceria do caminhão baú Mercedes-Benz, com placas de Cascavel, no Paraná. Preso, o motorista, de 23 anos, alegou que não sabia qual cidade gaúcha deveria entregar o entorpecente, pois disse que receberia uma ligação telefônica com novas instruções ao longo do caminho.

Após a abordagem do caminhão, os policiais rodoviários federais verificaram que o condutor estava com o exame toxicológico vencido. Além disso, eles notaram avarias e sinais de alterações na estrutura do baú do veículo.

Após uma busca minuciosa, o efetivo da PRF encontrou um fundo falso com aproximadamente um metro de largura, onde estavam escondidos os 2,1 mil quilos de maconha, distribuídos em tijolos. O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina foi acionado para cortar a estrutura metálica da carroceria baú e ter acesso aos entorpecentes.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895