PRF prende traficante que transportava skunk em Pelotas

PRF prende traficante que transportava skunk em Pelotas

Droga alucinógena tem como princípio ativo o THC, o mesmo da maconha

Angélica Silveira

publicidade

Na tarde deste domingo, na BR 116 em Pelotas, a Polícia Rodoviária Federal prendeu um traficante que transportava quase um quilo e meio de skunk em um carro. Durante ação os policiais deram ordem de parada ao condutor de um Onix que pertencia a uma locadora de veículos. Ao realizar a vistoria do veículo, encontraram sacos contendo 1,4 quilo de skunk. 

Aos policiais, o condutor de 34 anos que é natural da Bahia, revelou que receberia mil reais pelo transporte da droga de Jaguarão até São Paulo. O veículo, a droga e o criminoso foram encaminhados à Polícia Civil em Pelotas para a lavratura do auto de prisão em flagrante.

Segundo a PRF Daiane Huffell, graduada em química e instrutora de EDA - Enfrentamento ao Tráfico de Drogas e Armas, o skunk é uma droga alucinógena, que tem como princípio ativo o THC, o mesmo da maconha. Ele é obtido a partir do cruzamento genético entre duas espécies diferentes da planta Cannabis Sativa. O skunk tem um alto valor de mercado por ser de sete a dez vezes mais forte que a maconha.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895