Professor de escola técnica de Parobé é suspeito de armazenar material de pedofilia

Professor de escola técnica de Parobé é suspeito de armazenar material de pedofilia

Docente foi preso pela Polícia Federal com quatro armas e munições

Correio do Povo

Perícia verifica arquivos digitais em notebook e pendrive, entre outras mídias

publicidade

A Polícia Federal vai periciar os dispositivos de armazenamento de mídias apreendidos com um professor de uma escola técnica de Parobé durante ação contra pedofilia. O objetivo é verificar se existe conteúdo pornográfico infantil nos arquivos digitais do suspeito, de 58 anos de idade.

Na manhã de quinta-feira, os agentes da PF cumpriram um mandado de busca no âmbito de uma investigação sobre os crimes de armazenamento e distribuição de conteúdo pornográfico infantil.

No cumprimento da diligência na residência do professor em Parobé, os policiais federais recolheram dispositivos de armazenamento de mídia, como notebook, máquina fotográfica, mídias, pendrives e cartões de memória.

Houve ainda o recolhimento de quatro armas de fogo, sendo duas espingardas e dois revólveres, além de munições. O docente foi preso em flagrante.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895