Quadrilha assalta banco e faz reféns em Amaral Ferrador

Quadrilha assalta banco e faz reféns em Amaral Ferrador

Segundo informações preliminares, cinco assaltantes fugiram da agência bancária após o roubo

Correio do Povo

Segundo informações preliminares, cinco assaltantes fugiram da agência bancária após o roubo

publicidade

Uma quadrilha assaltou uma agência bancária no município de Amaral Ferrador no início da tarde desta sexta-feira. Segundo informações preliminares, quatro assaltantes participaram da ação. Imagens de uma câmera de segurança mostram que ao menos nove pessoas foram feitas de reféns para um cordão humano no lado externo do banco. Um carro foi incendiado em frente ao banco assaltado. A ocorrência foi registrada pelo Corpo de Bombeiros às 15h. 

A Brigada Militar (BM) comunicou em nota no final da tarde que se trata de uma ação na modalidade "Novo Cangaço". Os indivíduos atearam fogo em veículo e roubaram uma camionote que utilizaram para fugir com três refens, que foram posteriormente liberados, sem lesões. O efetivo policial concentra seu cerco entre os municípios de Encruzilhada do Sul e Amaral Ferrador. O comandante Regional da BM do Vale do Rio Pardo, Tenente Coronel Moresco, é quem comanda a operação terrena. 

 

De acordo com o subcomandante da BM, coronel Douglas Soares, nenhum dos reféns utilizados como escudo humano pelos assaltantes ficou ferido. Três deles, no entanto, chegaram a ser levados pelos assaltantes na fuga e posteriormente liberados.  “A informação que temos é que um dos integrantes do grupo ficou postado em frente ao posto da Brigada e efetuava disparos toda a vez que os agentes tentavam algum tipo de movimento”, completou. 

Foram deslocadas para a região tropas do Comando de Polícia de Choque, Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e Batalhão de Aviação, além de tropas do Comando Regional de Polícia Ostensiva Vale do Rio Pardo. O município da região Sul do Estado possui 7 mil habitantes, conforme estimativa do IBGE para 2021. 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895