Quatro autores de esquartejamento de jovem são presos pela DPHPP de Caxias do Sul

Quatro autores de esquartejamento de jovem são presos pela DPHPP de Caxias do Sul

Jovem de São Marcos estava desaparecido desde janeiro deste ano

Correio do Povo

Restos mortais da vítima estavam em três malas dentro do mato

publicidade

A Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) de Caxias do Sul prendeu na manhã desta sexta-feira quatro suspeitos de participação na morte e esquartejamento de um jovem em janeiro deste ano. As detenções ocorreram nos bairros Centro e Planalto, durante a operação Harpócrates. A ação foi coordenada pelo delegado Caio Márcio Brisolla Fernandes.

Os restos mortais da vítima, de 19 anos, foram também localizados em uma área de mata fechada do município. O corpo encontrava-se minuciosamente embalado em sacos plásticos acondicionados no interior de três malas de viagem.

As investigações da DPHPP de Caxias do Sul apontaram que o jovem tinha envolvimento com o tráfico de drogas na cidade de São Marcos. Ligado à mesma facção criminosa dos quatro presos, ele estava desaparecido até então.

Segundo os policiais civis, a motivação da execução foi uma represália à desobediência de ordens da liderança do grupo. Após a realização das oitivas, os quatro indivíduos, de 21, 23, 23 e 31 anos, foram encaminhados ao sistema prisional.

O crime chegou ao conhecimento da equipe policial em razão do desdobramento de diligências de outras investigações. A apuração do caso foi considerada de alta complexidade e contou com o trabalho desenvolvido pelo Instituto-Geral de Perícias (IGP).

Houve a identificação da identidade da vítima através de exame de confronto de material genético e do local em que ocorreu a execução e o esquartejamento do corpo, mediante uso de luminol. A perícia do IGP encontrou ainda vestígios de que, antes da execução, o jovem foi torturado.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895