Suspeito de matar ex-companheira em Capão da Canoa é preso pela Polícia Civil
capa

Suspeito de matar ex-companheira em Capão da Canoa é preso pela Polícia Civil

Vítima, de 19 anos, estava de bicicleta e foi esfaqueada pelo indivíduo que não aceita a separação

Por
Correio do Povo

Autor de feminicídio foi detido em Osório e já foi reconhecido por testemunhas do crime

publicidade

A Polícia Civil confirmou na manhã desta terça-feira a prisão do suspeito de esfaquear e matar a jovem Tainá Leal Sarmento, 19 anos, no final de semana em Capão da Canoa, no Litoral Norte. Ex-companheiro da vítima, o indivíduo, de 22 anos, estava com a prisão preventiva decretada.

Respondendo interinamente pela DP de Capão da Canoa, o delegado Roland Short confirmou na manhã desta terça-feira que a detenção ocorreu em Osório na noite de segunda-feira. “Ele já foi reconhecido pelas duas testemunhas do crime”, observou.

O feminicídio ocorreu na tarde do último sábado na rua São Vendelino, no bairro Zona Nova. A vítima pedalava uma bicicleta quando foi perseguida e atacada pelo acusado que estava inconformado com a separação e fazia ameaças.

Após golpear várias vezes a jovem, o indivíduo fugiu com a filha do casal, de apenas quatro anos. A criança foi entregue depois para a casa da avó paterna. A vítima foi internada no Hospital Santa Luzia, onde faleceu na noite de sábado.