Suspeitos de execução em Farroupilha são presos em Bento Gonçalves

Suspeitos de execução em Farroupilha são presos em Bento Gonçalves

Tropa do 4º BPChq apreendeu armas, munições, drogas e dinheiro com trio que faz parte de facção criminosa

Correio do Povo

Houve recolhimento de uma espingarda, duas pistolas, 105 munições, R$ 29,6 mil em dinheiro e 105 buchas de cocaína

publicidade

A Brigada Militar anunciou a prisão dos suspeitos de serem os autores de uma execução ocorrida na última quarta-feira em Farroupilha, na Serra. Na tarde dessa quinta-feira, o efetivo do 4º Batalhão de Polícia de Choque (4º BPChq) localizou e deteve três indivíduos, de 27, 24 e 30 anos, todos com antecedentes criminais, que estavam escondidos em Bento Gonçalves. O trio faz parte de uma facção criminosa.

Com base nas informações colhidas pela agência de inteligência da unidade, a tropa do 4º BPChq intensificou o patrulhamento tático motorizado nos arredores do possível endereço onde os criminosos estariam refugiados em Bento Gonçalves. Em um determinado momento, os policiais militares encontraram um Ford Focus, de cor prata, estacionado em frente a uma residência na rua Giuseppe Gava, no bairro Botafogo.

Ao entrar no beco de acesso à residência, os policiais militares visualizaram três indivíduos no pátio da casa, sendo então os mesmos abordados. Houve a apreensão de uma espingarda calibre 12, duas pistolas calibres 380, quatro carregadores e um total de 105 munições.

O efetivo do 4º BPChq recolheu ainda em torno R$ 29,6 mil em dinheiro, 105 buchas de cocaína, cinco porções de crack, uma balança de precisão, um detector de sinais, um relógio, dois rolos de papel filme e laminado, entre outros materiais.

Os três presos são suspeitos também por homicídios ocorridos nas cidades de Serafina Corrêa e Guaporé, registrados nos meses de março e abril deste ano. O trio seria responsável também por um roubo a residência em Nova Prata.

Eles confessaram que participaram da execução em Farroupilha. Além disso, os indivíduos informaram ainda o possível local onde estaria escondido um Fiat Uno, que foi utilizado na fuga. Apesar das diligências efetivadas, os policiais militares não encontraram o veículo.

A execução ocorreu na manhã de quarta-feira na rua Giácomo Brutomesso, no bairro do Parque, em Farroupilha. O trio empregou um Toyota Etios, com placas clonadas, que foi abandonado após o crime na rua Willy Fetter, na mesma região. Na ocasião, os policiais militares do 36º BPM recolheram um revólver calibre 38 com quatro munições intactas e uma quinta deflagrada, além de um telefone celular.

A vítima, um homem de 45 anos, foi morta a tiros de espingarda calibre 12 e pistola calibre 380. Segundo o 36º BPM, ela possuía antecedentes por tráfico de drogas, dano, lesão corporal, porte ilegal de arma, disparo de arma de fogo em via pública, desobediência, homicídio, resistência, vias de fato e violência doméstica.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895