Três anos depois, suspeito de cometer uma chacina é preso pela Polícia Civil em Porto Alegre

Três anos depois, suspeito de cometer uma chacina é preso pela Polícia Civil em Porto Alegre

Cinco pessoas foram mortas a tiros em 26 de agosto de 2017 em um bar na estrada Antônio Severino, no bairro Rubem Berta

Correio do Povo

Agentes da 5ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa cumpriram mandado de prisão preventiva

publicidade

Um suspeito de participar de uma chacina ocorrida há cerca de três anos foi capturado pela Polícia Civil na manhã desta segunda-feira em Porto Alegre. A prisão foi realizada pelos agentes da 5ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (5ª DPHPP), sob comando do delegado Gabriel Bicca. Houve o cumprimento de um mandado de prisão preventiva expedido pela Vara do Júri da Capital. A ação contou com apoio de uma equipe da Divisão Inteligência e Análise Criminal e das Volantes do Departamento Estadual Homicídios e Proteção à Pessoa.

O homem é suspeito de integrar uma facção criminosa e participou de uma chacina com cinco vítimas ocorrida em 26 de agosto de 2017 em um bar situado na estrada Antônio Severino, no bairro Rubem Berta. Os atiradores chegaram no estabelecimento comercial e revistaram algumas pessoas, além de questionarem quem trabalhava no local. Os empregados e parte dos frequentadores do bar foram mandados embora. Em seguida, as cinco pessoas que restaram foram obrigadas a se deitarem no chão, sendo mortas uma a uma a tiros.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895