Venda de dados sigilosos de clientes da Caixa Econômica Federal é investigada pela PF

Venda de dados sigilosos de clientes da Caixa Econômica Federal é investigada pela PF

Servidor da Caixa é suspeito de repassar informações de empréstimos consignados para financeira em Porto Alegre

Correio do Povo

Três mandados judiciais foram cumpridos na Capital

publicidade

A venda de dados sigilosos de clientes da Caixa Econômica Federal está sendo investigada pela Polícia Federal de Porto Alegre. Um servidor da Caixa é suspeito de comercializar informações sobre empréstimos consignados para uma financeira da Capital. Há uma estimativa de que tiveram os dados violados em torno de 127 clientes no Rio Grande do Sul, Amazonas, Santa Catarina e Paraná.

Na manhã desta quinta-feira, os agentes da PF realizaram a operação Data Venditionis com o cumprimento de três mandados de busca e apreensão na cidade. Houve o recolhimento de documentos para análise.

A investigação começou em janeiro deste ano, a partir de uma denúncia feita à Ouvidoria da Polícia Federal. Diligências feitas no período indicam que contratos de empréstimo eram transferidos para a financeira a partir das informações fornecidas pelo servidor da Caixa.

Com isso, a Caixa Econômica Federal teve prejuízos que incluem a redução da carteira de crédito e a consequente perda de faturamento. Já os clientes tiveram suas informações pessoais compartilhadas. Os crimes investigados pelos policiais federais são de violação de sigilo funcional e de corrupção ativa e passiva.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895