Assembleia se prepara para recomeço dos trabalhos
capa

Assembleia se prepara para recomeço dos trabalhos

Luis Augusto Lara assumirá a presidência da Casa

Por
Flavia Bemfica

Luis Augusto Lara assumirá a presidência da Casa

publicidade

Começa na quinta-feira o ano legislativo de 2019 no Rio Grande do Sul. A partir das 14h será realizada sessão solene para a posse dos 55 parlamentares eleitos ou reeleitos em outubro e a instalação da 55 legislatura. Durante a sessão, também acontecerá a eleição da nova Mesa Diretora da Casa e a transmissão dos cargos. O atual presidente e deputado federal eleito, Marlon Santos (PDT), passará o cargo para Luis Augusto Lara (PTB). Lara chega ao posto após manutenção do acordo entre os partidos, que garante que as quatro maiores bancadas eleitas se alternem na presidência durante os quatro anos da legislatura. No caso da atual, além do PTB, também presidirão a Assembleia o PP, o MDB e o PT.

A estimativa é de que a sessão se estenda por aproximadamente três horas. Ela começará com os 55 eleitos prestando o chamado compromisso regimental e sendo empossados. Na sequência o presidente atual faz um pronunciamento de despedida. Depois, ocorre a eleição da Mesa Diretora. A votação é nominal, registrada no painel eletrônico. Conforme o acordo em vigor, 10 diferentes siglas garantem representação entre os sete titulares da Mesa e seus suplentes. Além do presidente, a Mesa é composta pelo 1 e o 2 vices, e o 1, 2, 3 e 4 secretários. Há, ainda, três suplentes de secretários. Após a eleição, Lara fará seu pronunciamento como presidente.

Como o Plenário tem capacidade limitada, cada um dos 55 eleitos teve direito a convidar três pessoas para a posse. Os que não tiverem acesso ao Plenário poderão acompanhar a cerimônia por meio de telões instalados no Teatro Dante Barone. Após o encerramento das formalidades, Lara e os integrantes da nova Mesa concederão coletiva de imprensa no Salão Júlio de Castilhos, enquanto que no Vestíbulo Nobre se darão os cumprimentos.

A nova legislatura será composta por 28 novos deputados e 27 reeleitos. As 55 cadeiras estão divididas por representantes de 17 bancadas, quatro a mais do que na legislatura atual. Estarão representados, pela ordem no número de deputados, respectivamente: PT, MDB, PP, PTB, PDT, PSDB, PSL, PSB, PRB, PR, DEM, Novo, PSOL, PSD, PPS, SD e Pode. A primeira sessão de trabalho ocorrerá na terça-feira, 5 de fevereiro.