Bolsonaro cancela ida a reunião sobre Amazônia por recomendação médica
capa

Bolsonaro cancela ida a reunião sobre Amazônia por recomendação médica

Reunião estava prevista para próxima sexta-feira, na Colômbia

Por
AFP

Segundo porta-voz, governo está "analisando possibilidade de um substituto"

publicidade

O presidente Jair Bolsonaro cancelou sua participação na reunião regional sobre os incêndios na Amazônia, prevista para a próxima sexta-feira, na cidade colombiana de Letícia, por "orientação médica", informou nesta segunda-feira seu porta-voz.

"Por questões de orientação medica, o presidente precisará, a partir de sexta-feira, entrar em dieta líquida. A consequência disso é praticamente inviabilizar uma viagem a Leticia nesse momento".

"O governo brasileiro está analisando a possibilidade de um substituto ao presidente da República, uma autoridade que possa representá-lo neste evento ou, "eventualmente, a postergação a fim de que o próprio presidente, pela importância que atribui ao tema, possa estar presente em uma futura reunião", disse o porta-voz Otávio Rego Barros.