Bolsonaro estuda tirar aliado de Moro do comando da Polícia Federal

Bolsonaro estuda tirar aliado de Moro do comando da Polícia Federal

É a segunda vez que presidente articula para tirar Maurício Valeixo do cargo de diretor-geral da PF

Correio do Povo

Ministro Sergio Moro é aliado de Valeixo

publicidade

O presidente Jair Bolsonaro estaria disposto a trocar o comando da Polícia Federal, que hoje tem Maurício Valeixo no cargo de diretor-geral. Um eventual troca, entretanto, desgastaria ainda mais a relação com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro – algo que já vem acontecendo desde meados do ano passado. Bolsonaro e Moro se reuniram na manhã desta quinta, de acordo com a agenda oficial do ministro.

Essa é a segunda vez que Bolsonaro ameaça afastar Valeixo, que é homem de confiança de Moro, da PF. Na primeira, em face a crise que se aproximava, o presidente foi aconselhado a evitar a substuição. No entanto, Bolsonaro estaria disposto a voltar a carga neste momento, aproveitando as mudanças que estão feitas no governo em meio à pandemia do novo coronavírus.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895