Bolsonaro libera R$ 1,13 bilhão em emendas parlamentares em semana de reforma

Bolsonaro libera R$ 1,13 bilhão em emendas parlamentares em semana de reforma

Na primeira semana de julho, governo federal empenhou R$ 2,5 bilhões para os políticos

AE

Governo de Jair Bolsonaro liberou R$ 3,63 bilhões em emendas desde o início do mês

publicidade

O governo de Jair Bolsonaro liberou R$ 1,13 bilhão em emendas parlamentares voltadas para a área da saúde. A decisão está formalizada em 37 portarias editadas na segunda-feira à noite em duas edições extraordinárias do Diário Oficial da União (DOU) publicadas com data da segunda-feira.

A liberação dos recursos ocorre na semana em que o governo trabalha na conquista de votos de deputados pela aprovação da reforma da Previdência na Câmara. O processo de votação da proposta deverá ser iniciado ainda nesta terça e deve se estender até o fim da semana.

Levantamento da ONG Contas Abertas, divulgado pelo jornal O Globo, mostra que, nos primeiros cinco dias de julho, o governo empenhou R$ 2,5 bilhões de emendas parlamentares. A reportagem não detalha se nesse montante está incluído o valor da liberação da saúde.

Além dos valores, as portarias indicam municípios de vários Estados que estão habilitados a receber os recursos das emendas, que, segundo o ato, serão aplicados para "incremento temporário do Limite Financeiro da Assistência de Média e Alta Complexidade (MAC)".


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895