capa

Câmara do Rio arquiva processo de impeachment contra Crivella

Processo contra o prefeito teve 34 votos contrários e 14 favoráveis

Por
Correio do Povo

Relatório já pedia absolviação do mandatário

publicidade

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB), foi absolvido na votação para abertura de processo de impeachment, nesta terça-feira. Ao todo, 49 vereadores participaram, sendo que 34 votaram pelo arquivamento. Quatorze parlamentares foram a favor do processo e um se absteve. Para que o processo fosse aceito, eram necessários 34 votos favoráveis, que equivalem a 2/3 do total de vereadores.

O resultado final acabou sendo o oposto, com dois terços da Câmara Municipal votando contra a abertura de processo. Assim, Marcelo Crivella garantiu sua permanência no cargo de prefeito.

O arquivamento já era esperado, principalmente após a comissão processante apresentar parecer contrário à cassação do mandato na semana passada. O processo contra Crivella foi autorizado pelos vereadores em abril. O prefeito era acusado de cometer crime de responsabilidade ao renovar contratos de mobiliários urbanos (pontos de ônibus, relógios públicos etc.) no fim do ano passado, que, segundo a oposição, teriam lesado os cofres municipais em cerca de R$ 20 milhões.