Campanha publicitária do governo sobre Covid-19 vai custar R$ 5,3 milhões

Campanha publicitária do governo sobre Covid-19 vai custar R$ 5,3 milhões

Com o mote "trabalhar para proteger a vida e os empregos", novo filme publicitário traz tom diferente do usado anteriormente pelo Executivo

R7 e AE

Nova campanha do governo será lançada com o mote "trabalhar para proteger a vida e os empregos"

publicidade

A nova campanha lançada nessa terça-feira pelo governo com o mote "trabalhar para proteger a vida e os empregos" durante a crise do novo coronavírus custará aos cofres públicos R$ 5,3 milhões.

O termo que autoriza o gasto foi assinado na sexta-feira, dia 10, e indicou a Agência Calia como responsável. A empresa já presta serviços para alguns ministérios, como os da Saúde e Cidadania.

O documento é assinado pelo secretário adjunto de Comunicação, Samy Liberman, e pelo secretário executivo do Ministério da Cidadania, Antônio José Barreto de Araújo Junior.

Como mostrou o jornal O Estado de S. Paulo, o novo filme publicitário traz tom diferente do usado anteriormente pelo governo quando usou a frase "O Brasil não pode parar".

Na justificativa da nova campanha, a Secom informa que a finalidade é "demonstrar o compromisso do governo federal com o desenvolvimento de ações que visem o bem-estar da população, bem como informar sobre o que têm feito para amenizar os impactos na vida social e econômica do País, com medidas para contenção do avanço do vírus, ajuda aos estados, aquisição de equipamentos, investimentos em pesquisa, entre outras". 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895