Candidato a presidente na Argentina visitará Lula na cadeia
capa

Candidato a presidente na Argentina visitará Lula na cadeia

Alberto Fernández terá como candidata a vice-presidente Cristina Kirchner

Por
AE

Visita a Lula deve acontecer nesta quinta-feira

publicidade

O candidato a presidente da Argentina, Alberto Fernández, visitará o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na sede da Polícia Federal em Curitiba nesta quinta-feira (4), informou o Instituto Lula. A visita deve ocorrer no começo da tarde. A informação foi publicada pelo jornal O Globo

Fernández foi chefe de gabinete de Néstor e Cristina Kirchner entre 2003 e 2008, quando Lula era presidente do Brasil. Ele disputará as eleições de outubro contra o presidente Maurício Macri, com Cristina como sua candidata a vice. A ex-presidente anunciou há dois meses que abdicaria da cabeça da chapa em favor de Fernández, que, segundo ela, teria um perfil de consenso mais "adequado ao que a Argentina precisa para o momento em que vive.

Ainda bastante popular no país vizinho, Cristina terá o desafio de transferir seus votos para Fernández, que nunca disputou uma eleição majoritária - em um movimento similar ao que Lula tentou com Dilma Rousseff, com sucesso, e Fernando Haddad, nas últimas eleições.

Lula foi impedido de disputar as eleições de 2018 no Brasil por ter sido condenado em segunda instância no caso do triplex do Guarujá (SP). O ex-presidente está preso em Curitiba e Haddad concorreu em seu lugar.

Atualmente senadora, a ex-presidente é suspeita de beneficiar empresários próximos ao kircherismo na concessão de obras pública e se diz inocente, vítima de uma perseguição da mídia e da Justiça argentina.