Caso Joice Hasselmann: polícia fez perícia em 16 câmeras do prédio

Caso Joice Hasselmann: polícia fez perícia em 16 câmeras do prédio

Deputada, que apareceu com hematomas no rosto, afirma ter sido vítima de um atentado em seu apartamento funcional em Brasília

R7

Deputada, que apareceu com hematomas no rosto, afirma ter sido vítima de um atentado

publicidade

O Departamento de Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados (Depol) informou, nesta terça-feira, que realizou perícia em 16 câmeras do prédio onde se localiza o apartamento funcional da deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) e oitivas de funcionários. No entanto, o órgão não comenta, até o momento, sobre a entrada de suspeitos no local.

Joice, que chocou o país ao aparecer com hematomas no rosto, afirma ter sido vítima de um atentado. No último domingo, acordou deitada numa poça de sangue em seu apartamento em Brasília, mas conta que não se lembra do que ocorreu e pediu investigação da polícia legislativa sobre o episódio.

Veja Também

Em nota, o Depol disse que enviou o inquérito do caso para o Ministério Público Federal (MPF) – caberá ao procurador da República, Augusto Aras, oferecer ou não a denúncia à Justiça Federal. Joice relatou que não levou a ocorrência para a Polícia Federal por receio de que haja interferência política do presidente da República, o qual é seu desafeto, na investigação.

A Câmara dos Deputados esclarece que há segurança nos locais onde se localizam os apartamentos funcionais dos parlamentares. “Os prédios possuem vigilância armada e porteiros, ambos 24 horas por dia, 7 dias por semana.  Além disso, há câmeras de segurança e rondas ostensivas, com viatura caracterizada”, disse.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895