Comissão Processante prevê dois depoimentos nesta quinta

Comissão Processante prevê dois depoimentos nesta quinta

Ex-diretor do DEP Tarso Boelter e o deputado federal Maurício Dziedricki deverão se manifestar no processo de impeachment contra Marchezan

Correio do Povo

Comissão tem 90 dias para concluir os trabalhos, o que vale até 9 de novembro

publicidade

Mais dois depoimentos estão previstos para ocorrer nesta quinta-feira na Câmara de Vereadores dentro do processo que pede o impeachment do prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB). O ex-diretor do Departamento de Esgotos Pluviais (DEP) Tarso Boelter e o deputado federal Maurício Dziedricki (PTB) deverão falar à Comissão Processante na parte da tarde.

Estão previstos ainda mais dois depoimentos na sexta-feira: o do ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e a empresária Marta Rossi. O depoimento da empresária começou na segunda-feira, mas não foi concluído por problemas técnicos. As testemunhas foram indicadas pela defesa do prefeito, que também acompanhará a sessão. 

Veja Também

O relator da Comissão, Alvoni Medina, relatou hoje que servidores da Câmara foram impedidos de entregar a notificação dos depoimentos de amanhã à defesa. “Assim, eles não conseguiram notificar os advogados de defesa, que têm conhecimento dos depoimentos”, disse. Segundo ele, esse gesto acaba por prejudicar o processo. "Estamos apenas seguindo as determinações que estão no decreto lei", afirmou. A Comissão tem 90 dias para concluir os trabalhos, o que vale até 9 de novembro. 

O advogado Roger Fischer, da defesa, informou que não estava no escritório por compromissos externos. E que não havia nenhum advogado no escritório. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895