CORSAN suspende corte de água por não pagamento da conta por 60 dias

CORSAN suspende corte de água por não pagamento da conta por 60 dias

Governador disse que clientes de tarifa-social ficarão isentos pelos próximos 90 dias e pediu que cidadãos que dispõem de condições se mantenham adimplentes para manutenção dos serviços

Correio do Povo

Empresa fornece água atualmente para 6 milhões de gaúchos em 316 municípios

publicidade

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, anunciou neste domingo medidas referentes às contas de água no período de pandemia de Covid-19. Após reunião com o Secretário de Meio Ambiente e Infraestrutura, Arthur Lemos Jr., ficou definido que a Companhia Riograndense de Saneamento (CORSAN) não suspenderá o serviço por não pagamento nos próximos 60 dias e os clientes de tarifa-social ficarão isentos pelos próximos 90 dias de cobrança. Esta modalidade contempla famílias de baixa renda que residem em unidades domiciliares de até 60 m².

"Precisamos manter a empresa em funcionamento e, para tanto, mesmo que sem cortes, continuam valendo multas e juros em atrasos. Os cidadãos que dispõem de condições para pagamento de suas faturas devem se manter adimplentes para mantermos os serviços essenciais à população", explicou o chefe de Estrado em suas redes sociais.

Já Lemos Jr. disse que o governo estadual está em contato permanente com o Ministério de Minas e Energia para resolver a questão das contas de luz. "Acreditamos que teremos leitura correta na semana que se inicia", pontuou.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895