Dinheiro falso com rosto de Guedes é usado em protestos

Dinheiro falso com rosto de Guedes é usado em protestos

Notas simulando dólares com o rosto do ministro foram jogadas na porta do Ministério da Economia nesta quinta (7)

R7

Dinheiro falso com rosto de Guedes é usado em protestos

publicidade

Em meio a crise envolvendo offsshore e o nome do ministro Paulo Guedes, o chão em frente ao Ministério da Economia foi coberto de papéis que simulam notas de dólares, na manhã desta quinta-feira (7), em Brasília. As notas falsas que estampavam o rosto do ministro Paulo Guedes ensaguentado foram jogados por manifestantes.

A Central Única dos trabalhadores e a União Nacional dos Estudantes fizeram o ato na frente do Ministério da Economia. Manifestantes protestaram contra a inflação dos alimentos e lembraram do escândalo divulgado que comprovou a empresa offshore milionária em nome de Guedes nas Ilhas Virgens Britânicas, no Caribe.

Apolion Cumaru / Record / CP

Guedes tem investimentos de US$ 9,5 milhões na offshore. A desvalorização do real durante o comando de Guedes no Ministério da Economia fez com que seu patrimônio, que equivalia a R$ 35 milhões em agosto de 2015, hoje seja estimado em mais de R$ 51 milhões. Ele teria lucrado R$ 14 mil por dia desde que passou a ocupar o cargo de ministro.

A empresa no exterior foi revelada na Pandora Papers, uma investigação sobre offshores abertas em paraísos fiscais. A apuração teve a participação de 615 jornalistas de 149 veículos em 117 países. Entre as empresas envolvidas na apuração estão o jornal The Washington Post, a rede britânica BBC, a Radio France, o jornal alemão Die Zeit e a TV japonesa NHK.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895