Economista ligado ao agronegócio é nomeado para a presidência do Incra

Economista ligado ao agronegócio é nomeado para a presidência do Incra

Geraldo de Melo Filho foi superintendente do Senar no Paraná

Por
AE

Melo atuou como superintendente do Senar no Paraná


publicidade

A Casa Civil confirmou, nesta quinta-feira, em portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU), a exoneração do general João Carlos de Jesus Corrêa do cargo de presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Para exercer o cargo de presidente do Incra foi nomeado Geraldo José de Melo Filho, conforme ato publicado no DOU.

A demissão de Corrêa já havia sido anunciada, após o secretário especial de Assuntos Fundiários, Nabhan Garcia, ter reclamado de "falhas no trabalho do Incra", o que expôs uma crise entre o secretário, a ala militar do governo e o próprio Ministério da Agricultura.

Corrêa, ao se despedir do cargo em mensagem enviada a um núcleo restrito de servidores do Incra, disse que se tornara uma "pedra no sapato" por contrariar interesses e até mesmo por atacar "verdadeiras organizações criminosas".


Melo Filho é economista e atuava como secretário adjunto de Relacionamento Externo da Casa Civil.  Ele também foi superintendente do Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) no Paraná. É filho do ex-senador e ex-governador do Rio Grande do Norte Geraldo Melo.