Eduardo Leite formaliza saída do governo do Rio Grande do Sul

Eduardo Leite formaliza saída do governo do Rio Grande do Sul

Ofício de renúncia do governador foi lido na Assembleia Legislativa

Correio do Povo

Na quinta-feira, às 18h30 está previsto um ato oficial de transmissão de cargo de Leite para Ranolfo

publicidade

O ofício de renúncia de Eduardo Leite (PSDB) ao governo do Estado foi lido na sessão desta quarta-feira, na Assembleia Legislativa. O documento é a formalização da saída de Leite do Executivo, anunciada na última segunda-feira. Ele deixará oficialmente o cargo nesta quinta-feira, às 16h30, e, logo após, às 17h Ranolfo Vieira Júnior, vice-governador, será empossado em solenidade na Assembleia. Além disso, às 18h30 está previsto um ato oficial de transmissão de cargo de Leite para Ranolfo no qual é oficializada a mudança de comando no Palácio Piratini.

Enderaçado ao presidente da Casa, Valdeci Oliveira (PT), o requerimento reafirma aquilo que o tucano alega desde que anunciou sua saída: seu desejo de atuar nacionalmente nas eleições que ocorrem em outubro. Justifica a renúncia em trecho: "faço-o, em atendimento às exigências da legislação eleitoral Para que possa prestar minhas contribuições ao povo gaúcho e brasileiro por meio da atuação política nas eleições que se avizinham, nas quais buscarei dar toda a colaboração que eu puder para ajudar o país neste momento crítico".

Antes da transmissão do cargo, contudo, Leite deve ir a Pelotas para a assinatura do contrato da obra do Hospital de Pronto Socorro Regional. Esse será um dos seus últimos compromissos como governador do Estado.

Leia o documento completo:

 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895