Ex-governador do MT entrega imagens de políticos recebendo dinheiro

Ex-governador do MT entrega imagens de políticos recebendo dinheiro

Silval Barbosa afirmou que gravações foram feitas pelo então chefe de gabinete Silvio Cesar

AE

Silval Barbosa afirmou que gravações foram feitas pelo então chefe de gabinete Silvio Cesar

publicidade

O ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB) entregou à Procuradoria-Geral da República, como forma de corroboração à sua delação premiada, vídeos que mostram políticos do Estado recebendo maços de dinheiro.

Segundo reportagem do Jornal Nacional, da TV Globo, o ex-governador afirmou que as gravações foram feitas pelo então chefe de gabinete, Silvio Cesar. De acordo com Silval, ele era o funcionário responsável por entregar os valores. O dinheiro, conforme relato do ex-governador, era proveniente de esquemas de propina no Estado.

O acordo de delação premiada de Silval foi homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no início deste mês. Na semana anterior à homologação do acordo do ex-governador, o ministro Luiz Fux, do Supremo, afirmou que se tratava de uma delação "monstruosa".

Entre os políticos flagrados nas imagens estão o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), que chegou a colocar tantas notas em seus bolsos que parte delas caiu no chão. O vídeo mostra Emanuel Pinheiro agachando-se para juntar as cédulas espalhadas.

O deputado federal Ezequiel Fonseca (PP) aparece nas imagens recebendo o dinheiro em uma caixa de papelão. O então deputado estadual Hermínio Barreto (PR) é flagrado com os maços em uma mala. A prefeita de Juara (MT), Luciane Bezerra (PSB), também pode ser identificada no vídeo levando o dinheiro na bolsa. O ex-deputado estadual Alexandre César (PT) aparece levando notas em uma mochila.

Silval, que foi governador de Mato Grosso entre 2010 e 2014, fez delação após prisão na Operação Sodoma, sob suspeita de liderar esquema de recebimento de propina em troca da concessão de incentivos fiscais.

À TV Globo, Emanuel Pinheiro, disse que não fez nada ilícito e que vai comprovar isso na Justiça. O deputado estadual Oscar Bezerra declarou que a mulher dele, Luciane Bezerra, recebeu dinheiro para quitar dívidas de campanha eleitoral. Segundo a reportagem, o advogado de Silvio Cesar disse que não comentaria porque a delação está sob sigilo. Os demais citados não foram localizados.

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895