Executiva do PT convoca lideranças para discutir caravana de Lula

Executiva do PT convoca lideranças para discutir caravana de Lula

Deputado federal Paulo Pimenta disse que não há data prevista para o ex-presidente visitar o Rio Grande do Sul

Luiz Sérgio Dibe

Encontro formal de Lula com lideranças do PT será dia 14 em Salvador

publicidade

A executiva nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) convocou reunião entre suas lideranças para o dia 14 de novembro, em Salvador, na Bahia. Será o primeiro encontro formal do ex-presidente Lula com os dirigentes do partido. Conforme o líder da bancada petista no Congresso, deputado federal Paulo Pimenta (PT), também está na pauta do encontro a definição de um calendário de viagens do ex-presidente pelas principais cidades do país.

"O presidente Lula está muito animado para liderar esta caravana. Quer discutir com a população temas como soberania, petróleo e reservas da camada pré-sal, além do desastre ambiental que tem provocado o aparecimento de manchas no litoral do Nordeste e, principalmente, a construção de uma frente ampla das forças de esquerda para as eleições municipais do ano que vem", apontou.

Pimenta, que será empossado presidente do PT gaúcho durante o Congresso Nacional da sigla, evento que ocorrerá nos dias 22, 23 e 24 de novembro, em São Paulo, também disse que "Lula está ansioso" pela análise da nova ação que irá analisar a suspeição do ministro da Justiça Sérgio Moro com relação a sua atuação nos julgamentos envolvendo o ex-presidente.

Sobre uma visita de Lula ao Rio Grande do Sul, Pimenta afirmou que ainda não há uma data prevista. Contudo, o parlamentar gaúcho disse que Lula reiterou sua simpatia por uma composição entre partidos, tendo a ex-deputada Manuela D'Ávila (PCdoB) como candidata a prefeita de Porto Alegre.

Segundo Pimenta, além das reuniões e do Congresso Nacional do PT, Lula tem como compromisso firmado a participação na cerimônia de posse do presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, no dia 10 de dezembro, em Buenos Aires. Fernández é um dos líderes políticos latino-americano que manteve declarações de apoio à liberdade de Lula durante o período de sua prisão.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895