Governo anuncia programa de incentivo financeiro a municípios

Governo anuncia programa de incentivo financeiro a municípios

Programa Previne Brasil visa melhorar atendimento primário à saúde da população e frear o avanço da pandemia no país

R7

Municípios deverão receber mais de R$ 14 bilhões por meio do Previne Brasil, diz o Ministério da Saúde

publicidade

O Ministério da Saúde oficializou, nesta quinta-feira, o Programa Previne Brasil, um incentivo financeiro para os municípios investirem em atenção primária à saúde, com base em critérios populacionais referentes às quatro primeiras competências financeiras de 2021. A medida foi publicada nesta quinta-feira, no DOU (Diário Oficial da União). 

A portaria esclarece que a ação é excepcional, sendo válida apenas para este ano, e leva em conta os impactos decorrentes da pandemia da Covid-19 e a necessidade de aporte de verbas federais nas ações e serviços municipais de saúde.

Considerada como a porta de entrada para o SUS (Sistema Único de Saúde), a atenção primária se caracteriza por um conjunto de ações de promoção e proteção da saúde da população.

É um filtro que organiza o fluxo dos serviços nas redes de saúde, dos mais simples para os mais complexos, oferecendo, dentre outros serviços preventivos, diagnósticos, tratamentos e reabilitações.

Veja Também

Cálculo

Segundo o texto, os valores a que cada município tem direito passaram a ser calculados com base na divisão do valor per capita anual por 12 e multiplicando o resultado pela estimativa da população das cidades, usando dados populacionais do ano de 2019, divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Considera-se ainda a "multiplicação do resultado para transferência do incentivo nas 4 (quatro) primeiras competências financeiras do ano de 2021". 

De acordo com o Ministério da Saúde, em 2021, os municípios deverão receber mais de R$ 14 bilhões por meio do Previne Brasil. Essa quantia deverá ser investida na ampliação do acesso à atenção primária e na qualificação do atendimento de mais de 41 mil postos de saúde de todo o país.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895