Granpal quer prazo de 60 dias para debater projeto de regionalização do saneamento básico

Granpal quer prazo de 60 dias para debater projeto de regionalização do saneamento básico

Governo do Estado acordou em não votar proposta na próxima terça, mas manterá regime de urgência

Correio do Povo

Granpal quer mais prazo para debate sobre o projeto de regionalização do saneamento

publicidade

Após assembleia geral nesta quinta-feira, prefeitos que da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal) decidiram que irão solicitar mais 60 dias de prazo para a discussão sobre a proposta da regionalização do saneamento básico. O projeto tramita em regime de urgência na Assembleia Legislativa, mas não deve ir à pauta na próxima terça-feira. 

Ao deliberar pelo prazo, a Granpal informou que, em caso de negativa, os gestores do bloco não vão aderir aos blocos propostos no texto, encaminhado ao Legislativo pelo governo do Estado. O projeto vem enfrentando resistências de prefeitos e até mesmo da base aliada. 

Conforme nota, a Granpal afirma que quer utilizar o novo período para “construir alternativas ao projeto original junto ao Executivo e ao Legislativo estadual”. 

O projeto trancaria a pauta da Assembleia a partir da próxiam sessão. No entanto, em reunião nessa quarta-feira, o líder do governo, deputado Frederico Antunes (PP), comprometeu-se com a inversão de pauta na semana que vem. O secretário da Casa Civil, Artur Lemos, assegurou, no entanto, que o Executivo manterá o regime de urgência para votação da matéria. 


Mais Lidas





Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895