Jorge Hage diz que encara convocação na Câmara com tranquilidade
capa

Jorge Hage diz que encara convocação na Câmara com tranquilidade

Ministro-chefe da CGU foi chamado para esclarecer supostas irregularidades em convênios de ONGs

Por
AE

publicidade

Convocado pela Câmara dos Deputados para prestar esclarecimentos sobre supostas irregularidades em
convênios de ONGs, o ministro-chefe da Controladoria-Geral da União (CGU), Jorge Hage, afirmou nesta quarta-feira que encara a convocação com "absoluta normalidade e tranquilidade". "Atenderei à convocação sem nenhum problema, é uma questão só de definirmos data e hora", afirmou Hage a jornalistas, após deixar seminário em Brasília.

Numa única tacada, a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara aprovou a convocação de quatro ministros de Estado da presidente Dilma Rousseff. Além de Hage, também foram convocados o ministro do Trabalho, Manoel Dias (PDT); da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, e do ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro. A aprovação das convocações seria mais uma retaliação do chamado "blocão", grupo informal de deputados da base insatisfeitos com a articulação política conduzida pelo governo.

Carvalho também deverá ser questionado por deputados sobre o patrocínio da Petrobras, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e da Caixa Econômica Federal a um evento do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), numa marcha que terminou em confronto com a Polícia Militar do Distrito Federal. 

Bookmark and Share