Leite lamenta morte de Bruno Covas: "levaremos sua alegria e seu trabalho como exemplo"

Leite lamenta morte de Bruno Covas: "levaremos sua alegria e seu trabalho como exemplo"

Prefeito licenciado de São Paulo morreu neste domingo, vítima de câncer

Correio do Povo

Leite lamentou morte de Bruno Covas, vítima de câncer

publicidade

O governador Eduardo Leite publicou, neste domingo, uma mensagem em homeagem a Bruno Covas, prefeito licenciado de São Paulo, que faleceu hoje, aos 41 anos, vítima de câncer. "Levaremos sua alegria, seu trabalho, sua serenidade e sua dedicação por uma política feita com respeito e equilíbrio como exemplo. Obrigado, amigo Bruno Covas! Meu abraço e carinho a sua família!", tuitou. 

O prefeito Sebastião Melo manifestou pesar pela morte de Covas. "Meus sentimentos a todos os cidadãos da cidade de São Paulo e em especial aos familiares e amigos do prefeito Bruno Covas, que faleceu nesta manhã. Perdemos um grande cidadão e um excelente gestor público. Lutou pela vida e sempre se mostrou um homem forte ao enfrentar o câncer e inspirar milhares de brasileiros que também lutam contra a doença. Que seu legado seja um ensinamento a todos nós", escreveu.

Covas lutava havia dois anos contra um câncer na cárdia e no fígado e estava internado desde o último dia 2 no Hospital Sírio-Libanês, na região central da cidade, onde realizava o tratamento contra a doença. Na noite de sexta-feira, um boletim médico informou que seu quadro era irreversível.

O tucano havia oficializado seu afastamento por 30 dias das funções na prefeitura no dia 3 de maio para se dedicar completamente aos cuidados médicos. Desde então, a gestão paulistana ficou sob responsabilidade do vice-prefeito, Ricardo Nunes (MDB). No entanto, o prefeito era informado das decisões sobre a cidade mesmo durante a sua internação.

Reeleição 

Bruno Covas era prefeito da maior capital do país desde 2018 quando foi eleito como vice-prefeito na chapa de João Doria, em 2016. Covas foi reeleito para o cargo de prefeito de São Paulo no segundo turno das Eleições Municipais 2020. Covas teve 59,38% (3.169.121) dos votos válidos de acordo com apuração do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

O tucano manteve a liderança na votação conquistada no primeiro turno, quando obteve 32,85% dos votos, contra 20,24% de Guilherme Boulos (PSol).


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895