capa

Lewandowski autoriza Lula a dar entrevista a dois jornais

Polícia Federal havia convidado outros jornalistas para entrevista, nesta sexta-feira

Entrevistas exclusivas de Lula à Folha e ao El País foram reiteradas por Ricardo Lewandowski

publicidade

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, reafirmou nesta quinta-feira que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderá dar entrevistas aos jornalistas Florestan Fernandes Júnior, do El País, e Mônica Bergamo (RCL 32035), da Folha de S.Paulo. As entrevistas deverão ocorrer na manhã desta sexta, na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, onde Lula está preso. 

A manifestação do ministro do STF ocorre após a Polícia Federal determinar que haveria mais repórteres – medida que provocou protestos da assessoria de Lula. Para Lewandowski, não se pode impor a presença de outros jornalistas sem autorização de Lula. 

“A liberdade de imprensa, apesar de ampla, deve ser conjugada com o direito fundamental de expressão, que tem caráter personalíssimo, cujo exercício se dá apenas nas condições e na extensão desejadas por seu detentor, no caso, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao qual não se pode impor a presença de outros jornalistas ou de terceiros”, argumentou o ministro, conforme nota do STF.