Maioria da bancada gaúcha vota contra prisão do deputado Daniel Silveira

Maioria da bancada gaúcha vota contra prisão do deputado Daniel Silveira

Votos favoráveis à soltura foram 17, enquanto 12 parlamentares do RS votaram pela detenção; dois não participaram do pleito

Correio do Povo

Maioria da bancada gaúcha votou contra prisão

publicidade

A maioria da bancada gaúcha na Câmara dos Deputados votou contra a prisão do deputado Daniel Silveira, em eleição no plenário na noite desta sexta-feira. Entre os parlamentares do Estado, 17 votaram pelo “Não”, enquanto outros 12 definiram pela continuidade da detenção. Dois não votaram. 

Silveira foi detido na terça-feira, após divulgar um vídeo fazendo apologia ao AI-5 e defendendo a destituição de ministros do STF. A prisão do deputado havia sido decretada por Alexandre de Moraes na terça-feira, após a divulgação do vídeo. A detenção foi feita pela Polícia Federal e confirmada na quarta-feira por unanimidade no plenário do Supremo.

Na noite desta sexta, o plenário decidiu com 364 votos a favor e 130 deputados contrários a decisão. Partidos como Novo e PP votaram contra, enquanto a oposição foi unânime por manter a decisão do STF. Veja abaixo como cada um votou:

Não: 17 

Afonso Hamm (PP); 
Alceu Moreira (MDB); 
Bibo Nunes (PSL); 
Daniel Trzeciak (PSDB); 
Danrlei (PSD); 
Jerônimo Goergen (PP); 
Liziane Bayer (PSB); 
Lucas Redecker (PSDB); 
Marcel van Hattem (Novo); 
Marcelo Brum (PSL); 
Marcelo Moraes (PTB); 
Marlon Santos (PDT); 
Maurício Dziedrick (PTB); 
Osmar Terra (MDB); 
Pedro Westphalen (PP); 
Sanderson (PSL);
Santini (PTB). 

Sim: 12

Bohn Gass (PT); 
Carlos Gomes (Republicanos); 
Fernanda Melchionna (PSol); 
Giovani Cherini (PL); 
Giovani Feltes (MDB); 
Heitor Schuch (PSB); 
Henrique Fontana (PT); 
Márcio Biolchi (MDB); 
Marcon (PT); 
Maria do Rosário (PT); 
Paulo Pimenta (PT); 
Pompeo de Mattos (PDT). 

Não votou: 2

Afonso Motta (PDT) 
Nereu Crispim (PSL)


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895