Mandetta desconversa sobre áudio de Onyx e Terra

Mandetta desconversa sobre áudio de Onyx e Terra

Ministro da Cidadania e deputado federal especularam saída do titular da Saúde da pasta

Por
Correio do Povo

Onyx e Terra projetaram saída de Mandetta do governo


publicidade

Conversa captada pela CNN Brasil nesta quinta-feira mostra um diálogo entre o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, e o deputado federal Osmar Terra em que os dois defendem a saída do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, do governo. Questionado no fim da tarde, Mandetta evitou comentar: "Só tenho lido notas técnicas sobre o coronavírus", disse ele, à revista Veja, antes de completar: "Aqui é lavoro, lavoro, lavoro", repetiu, citando o que se tornou uma espécie de mantra nos últimos dias.

Na conversa registrada pela CNN, enquanto Onyx afirma que teria demitido Mandetta na reunião ministerial da última segunda-feira, Terra critica as medidas de isolamento social defendidas pelo ministro - embasadas em orientações da Organização Mundial da Saúde. 

"O que aconteceu na reunião eu não teria segurado, eu teria cortado a cabeça dele", disse Onyx em certo momento. Terra, em seguida, complementa, ao comentar a entrevista concedida por Mandetta depois da reunião, quando voltou a enfatizar a defesa da ciência no combate à pandemia. "Ali para mim foi a pá de cal", acrescentou Onyx. 

No final do áudio, ambos tratam já de um cenário sem Mandetta no governo. Osmar Terra disse que ajudará Onix, "e não precisa ser ministro, tem mais gente que pode ser".


No fim de semana passada, o presidente Jair Bolsonaro afirmou, sem citar Mandetta, que poderia usar a caneta contra algum ministro. O dia seguinte acabou marcado por tensão, mas ao fim, o presidente teria sido demovido da ideia de demitir o titular da pasta da saúde.