Ministra Flávia Arruda é afastada para tratar de assuntos particulares

Ministra Flávia Arruda é afastada para tratar de assuntos particulares

Reportagem apurou que ela está de férias até o dia 21, data do seu aniversário

R7

Ministra Flávia Arruda

publicidade

Foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira o afastamento da ministra-chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda (PL), desde essa quinta-feira até o dia 21 de janeiro, data do seu aniversário. O texto diz que a saída momentânea é para "tratar de assuntos particulares". A reportagem apurou que se trata de um período de férias da ministra, que viajou com a família para o exterior, onde deve permanecer nos dias de descanso.

A notícia do afastamento de Flávia gerou especulação na imprensa, diante do cenário de "fritura" vivido pela deputada federal licenciada. Ela tem sofrido pressão por figuras políticas – pressão essa que, fala-se, viria de políticos do Centrão. Diante das conversas, o presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, publicou um vídeo na semana passada em que afirma que "o Centrão não quer a saída da Flávia."

Veja Também

Na semana passada, com alta hospitalar depois de apresentar um quadro de obstrução intestinal, o presidente Jair Bolsonaro foi questionado sobre o assunto e respondeu: "A indicação da Flávia Arruda foi minha. Por que eu a indiquei? Não é por ser mulher, por nada. É pela competência dela. Foi relatora do Orçamento. Para mim, ninguém ligou para mim. Ninguém pede a cabeça de ministro como pedia no passado (...) Agora, onde a Flávia Arruda está errando? Desconheço. Se porventura estiver errando, como já aconteceu, acontece, né?, eu chamo e converso com ela. Ela não será demitida jamais pela imprensa".


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895