Ministro do STJ nega pedido de liberdade de Cristiane Brasil

Ministro do STJ nega pedido de liberdade de Cristiane Brasil

Ex-deputada está presa desde o dia 11 por suposta participação em um esquema de corrupção no Rio

R7

Cristiane teve a prisão decretada pela Justiça na segunda fase da Operação Catarata

publicidade

O ministro Joel Paciornik, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), negou nesta terça-feira o pedido de liberdade apresentado pela defesa da ex-deputada Cristiane Brasil (PTB). Ela está presa desde o último dia 11.

Cristiane teve a prisão decretada pela Justiça na segunda fase da Operação Catarata, que identificou a participação da ex-deputada no núcleo político de um esquema de corrupção na área de Assistência Social do Rio de Janeiro.

Ela chegou a ser anunciada como candidata à prefeitura do Rio de Janeiro, mas o PTB desistiu da candidatura por saber que ela dificilmente sairá da cadeia a tempo de participar da campanha. A legenda agora optou por lançar o ex-diretor do Teatro Municipal do Rio Fernando Bicudo, que seria o vice de Cristiane, para concorrer ao cargo.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895