Mourão diz que o governo "não mexeu nas questões do Enem"

Mourão diz que o governo "não mexeu nas questões do Enem"

Vice-presidente desmentiu fala de Bolsonaro em Dubai de que o exame "passa a ter a cara do governo"

R7

Mourão também afirmou que o exame "está baseado em um banco de dados construído há muito tempo"

publicidade

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) afirmou nesta terça-feira que "o governo não mexeu em nenhuma questão do Enem".  A fala contradiz o que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou na segunda-feira em Dubai:  "que o Enem começa agora a ter a cara do governo". Segundo Mourão, o presidente "fez menção a uma ideia dele, ele tem liberdade para isso."

Veja Também

Mourão também afirmou que o exame "está baseado em um banco de dados que foi construído há muito tempo, as questões não estão variando, o governo não mexeu em nenhuma questão do Enem e as questões são feitas de acordo com a metodologia do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira)."

A polêmica em torno das declarações ocorreu após a demissão de ao menos 33 servidores do Inep, pelo menos 28 deles ligados à realização do Enem. Em carta, os funcionários alegaram falta de gestão na autarquia ligada ao MEC (Ministério da Educação) e "assédio moral". 

O presidente do Inep, Danilo Dupas, compareceu à Câmara dos Deputados para explicar os motivos das demissões, mas disse que é uma "questão interna do Inep", mas garantiu a realização do exame neste ano.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895