MP-RJ entra com recurso para afastar Flordelis da Câmara

MP-RJ entra com recurso para afastar Flordelis da Câmara

Promotoria também pede à Justiça monitoramento por tornozeleira eletrônica da parlamentar e recolhimento noturno nos dias de folga

R7

Flordelis nega as acusações

publicidade

O MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) entrou com um recurso na Justiça, nesta terça-feira, em que pede o afastamento da deputada federal Flordelis da Câmara dos Deputados, além do monitoramento por tornozeleira eletrônica da parlamentar e recolhimento noturno nos dias de folga.

De acordo com informações do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio), o caso será analisado pela segunda instância após a 3ª Vara Criminal de Niterói negar o pedido.

No último dia 24, Flordelis foi denunciada como mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo. No entanto, ela não pôde ser presa em função da imunidade parlamentar.  A deputada federal enfrenta um processo na Corregedoria da Câmara que pode levar à cassação do mandato. Flordelis negou as acusações.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895