Petrobras diz que não participou de negociação de acordo de leniência da Braskem
capa

Petrobras diz que não participou de negociação de acordo de leniência da Braskem

Estatal ressaltou que está colaborando com as investigações da Operação Lava Jato

Por
AE

Petrobras diz que não participou de negociação de acordo de leniência da Braskem

publicidade

Em resposta a ofício enviado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Petrobras afirmou nesta terça-feira, que tomou ciência do reconhecimento de atos ilícitos e dos valores referentes aos acordos de leniência firmados pela Braskem, no âmbito da Operação Lava Jato, quando elas foram divulgadas publicamente pela empresa e pelas autoridades brasileiras e estrangeiras.

A estatal ressalta que já foi reconhecida como vítima dos fatos revelados pela Lava Jato, e que vem colaborando com as investigações. "Entretanto, é importante esclarecer que a companhia não participou das negociações dos referidos acordos, nem teve acesso a quaisquer informações relacionadas aos mesmos, até o momento em que se tornaram públicos", diz a Petrobras no comunicado.

A Petrobras afirma que, por meio de seu Diretor de Relações com Investidores, questionou os administradores sobre as matérias jornalísticas sobre o tema, e eles confirmaram que não haveria informações materiais que deveriam ser divulgadas ao mercado. A estatal esclarece ainda que avalia os acordos firmados pela Braskem para decidir sobre as medidas cabíveis que deve adotar para defender seus interesses.