Pezão ficará em "sala de Estado maior" de unidade prisional da PM no Rio de Janeiro

Pezão ficará em "sala de Estado maior" de unidade prisional da PM no Rio de Janeiro

Legislação determina que a prisão de determinadas autoridades não seja em celas comuns

AE

Governador foi preso na manhã desta quinta-feira

publicidade

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (MDB), preso na manhã desta quinta-feira, ficará na "sala de Estado maior" de numa unidade prisional da Polícia Militar em Niterói, cidade da região metropolitana do Rio, informou o delegado da Polícia Federal Alexandre Bessa, responsável pela investigação.

• Pezão sucedeu Cabral em esquema de corrupção, diz Raquel Dodge

De acordo com o delegado da PF, a legislação determina a prisão de determinadas autoridades, como o governador, em salas e não em celas comuns. Pezão será encaminhado para a unidade prisional após prestar depoimento na sede da Superintendência da PF no Rio, onde estava pelo menos até às 11h15min desta quinta-feira.

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895