Piratini vai focar esforços na PEC que extingue obrigatoriedade de plebiscito para venda de estatais
capa

Piratini vai focar esforços na PEC que extingue obrigatoriedade de plebiscito para venda de estatais

Proposta deve estar apta a votação no plenário a partir de 15 de abril

Por
Taline Oppitz

Defesa pública e incisiva das privatizações durante a campanha pelo governador Eduardo Leite (PSDB) facilita as negociações

publicidade

Por ora, o Piratini irá centralizar os esforços na aprovação da proposta de emenda à Constituição que extingue a obrigatoriedade de realização de plebiscito para a venda da CEEE, CRM e Sulgás. A PEC já está em tramitação na Assembleia e deve estar apta a votação no plenário a partir de 15 de abril. Segundo o chefe da Casa Civil, Otomar Vivian (PP), além da ampla base aliada, a defesa pública e incisiva das privatizações durante a campanha pelo governador Eduardo Leite (PSDB) facilita as negociações.

Otomar evitou falar em placar, mas sustentou a expectativa de que o Executivo obterá “número bem acima dos 33 votos necessários à aprovação da proposta”. Após o desfecho da PEC, chegarão ao Legislativo três projetos distintos de aval à privatização, alienação ou federalização da CEEE, CRM e Sulgás. Será um texto específico para cada empresa.

Outra proposta que estará entre as próximas que serão encaminhadas ao Legislativo é a de alterações na previdência gaúcha. O governo do Estado espera impacto por aqui atrelado ao texto que a União visa aprovar no Congresso Nacional, mas já trabalha em alterações que terão de ser colocadas em prática. A previdência, que somou déficit de R$ 11 bilhões em 2018 e cujo rombo, segundo Otomar, deve chegar a R$ 12 bilhões neste ano, tem sido a pauta principal das conversas de Leite com representantes de sindicatos de categorias do funcionalismo. Seis já foram visitados. O tema da previdência está sendo analisado pela secretaria do Planejamento. No comando da pasta, Leany Lemos afirmou na última semana que o aumento da contribuição dos servidores está entre as possibilidades em análise.

Contrários à PEC definem artilharia

Em minoria na Assembleia, deputados contra a derrubada do plebiscito para a venda da CEEE, CRM e Sulgás, tentarão impor o maior desgaste possível ao governador. Uma das estratégias será a de explorar a promessa de Leite, na campanha, de que faria a consulta à população nos primeiros seis meses de gestão.