Prefeitos da Região Metropolitana discutem obras do PAC

Prefeitos da Região Metropolitana discutem obras do PAC

Municípios criarão um projeto para padronizar e acelerar o andamento dos trabalhos

Marcos Koboldt / Correio do Povo

publicidade

Preocupados com o ritmo de algumas obras previstas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), prefeitos de cidades vinculadas à Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal) reuniram-se, nesta quinta-feira, na sede da entidade, na zona Norte da Capital. No encontro, também foi debatida a situação das obras da BR 448 (Rodovia do Parque). A Granpal será responsável pela elaboração de um projeto piloto que estabelecerá uma nova metodologia e padronizará o andamento dos trabalhos.

“Atualmente, todas as etapas demoram. São dois anos para discutir os projetos, mais um longo período envolvendo licitações e, depois que tudo está pronto, a execução das obras também é demorada”, explicou o presidente da Granpal e prefeito de Canoas, Jairo Jorge, acrescentando que a preocupação dos prefeitos é acelerar as obras do PAC.

Entre as maiores preocupações está o projeto do Ministério do Esporte conhecido como Praças da Juventude. O município de Canoas foi um dos contemplados para o desenvolvimento do projeto federal e ganhará duas instalações. A primeira obra da Praça da Juventude em andamento fica em Novo Hamburgo e a previsão de conclusão é para março de 2012, em um investimento de R$ 1,7 milhão.

A Praça da Juventude contará com campo de futebol society, quadra de vôlei de praia, quadra poliesportiva coberta, pista de caminhada, pista de skate com rampa, playground, sanitários e área para exercício com aparelhos de ginástica.

Outro tema debatido foi a Rodovia do Parque. “Queremos que até o final de agosto todas as licitações sejam aprovadas. Nos próximos dias teremos uma resposta do Ministério do Planejamento”, informou Jairo Jorge. De acordo com o Ministério dos Transportes, aproximadamente 35% da obra já foi concluída.

Bookmark and Share

Mais Lidas





Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895