Presidente da Fundação Palmares não dará suporte ao dia da Consciência Negra

Presidente da Fundação Palmares não dará suporte ao dia da Consciência Negra

Em sua conta no Twitter, Sergio Camargo disse que apoio "será zero"

AE

Em sua conta no Twitter, Sergio Camargo disse que apoio "será zero"

publicidade

A Fundação Cultural Palmares, responsável pelo fomento da cultura afro-brasileira no País, não dará suporte ao Dia da Consciência Negra em 2020. A informação foi dada pelo presidente da entidade, Sergio Camargo, neste domingo. "O suporte da Fundação Cultural Palmares ao Dia da Consciência Negra será ZERO", postou Camargo em seu Twitter.

Críticos do governo Jair Bolsonaro acusam o Executivo de promover o desmonte da Fundação Palmares. Como revelou o Estadão/Broadcast, a sede do órgão está de mudança para um antigo prédio da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) que funciona como uma espécie de almoxarifado, com infiltrações e avarias.

Sergio Camargo, que já chamou o movimento negro de "escória maldita", esteve neste sábado em um churrasco no Palácio da Alvorada com o presidente Jair Bolsonaro. O presidente da Fundação Palmares publicou foto com Bolsonaro e o deputado federal Helio Lopes (PSL-RJ).


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895