PSB lança pré-candidatura de Beto Albuquerque ao Piratini

PSB lança pré-candidatura de Beto Albuquerque ao Piratini

Partido é o segundo a oficializar a candidatura do seu pré-candidato ao governo do Estado nas eleições de 2022

Correio do Povo

Em 2018 Beto Albuquerque concorreu ao Senado. Apesar de não se eleger, fez votação expressiva

publicidade

O PSB deverá lançar, neste sábado, a pré-candidatura de Beto Albuquerque ao governo do Estado, em  evento no teatro Dante Barone, na Assembleia Legislativa. Segundo partido a oficializar uma candidatura, a direção estadual do PSB começou em abril as tratativas para construção da candidatura do ex-deputado.  Sem cargo desde 2015, o ex-deputado concorreu a uma vaga no Senado em 2018 e, apesar de não se eleger, fez votação expressiva com 1.713.792 votos.

A candidatura de Beto contará com o apoio de lideranças dentro do partido, como o deputado estadual Heitor Schuch. O presidente estadual do PSB, Mário Bruck está confiante. “Desde 2006 que o partido não tinha candidato a governador, mas através de um trabalho nas bases, conseguimos mobilizar todo o partido (os socialistas) para, em 2022, termos reais possibilidades de levar ao Piratini um líder histórico”.

“É para frente que a gente anda, e é para frente que o Rio Grande do Sul tem de andar. Não é só comemorando façanhas passadas que vamos avançar no tempo e gerar esperanças. Com criatividade, podemos, sem dúvida, pavimentar o caminho para o futuro com melhores condições para o Rio Grande”, disse Beto.

Até agora, somente o PP já oficializou o nome do seu candidato, o senador Luis Carlos Heinze, ao Piratini. Nas outras siglas, as articulações seguem. No PT, o deputado estadual Edegar Pretto é um forte candidato, enquanto que no DEM, o ministro Onyx Lorenzoni é o mais cotado para vaga. Partidos como PDT e PSol já afirmaram a intenção de lançar nome próprio, mas nenhum nome foi definido ainda. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895