"Queremos que pauta seja reforma tributária, emprego e renda", diz Jandira Feghali
capa

"Queremos que pauta seja reforma tributária, emprego e renda", diz Jandira Feghali

Lideranças da oposição na Câmara se posicionaram contrários ao pacote de medidas apresentado por Bolsonaro nessa terça

Por
AE

Lideranças da oposição na Câmara se posicionaram contrários ao pacote de medidas apresentado por Bolsonaro nessa terça

publicidade

Lideranças da oposição na Câmara se posicionaram contrariamente ao pacote de medidas apresentado, na terça-feira, pelo governo ao Congresso e pediram prioridade à reforma Tributária. "Não aceitamos discutir essas propostas de emenda constitucional (PECs) antes da reforma tributária", afirmou a líder da minoria na Câmara, a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ).

"Queremos que a pauta seja reforma tributária, geração de emprego e renda", afirmou. As lideranças apelidaram as PECs enviadas pelo governo de "PECs da agiotagem". Segundo Feghali, o motivo é que as propostas tiram dinheiro de áreas como saúde e educação para priorizar bancos e juros.

O pacote apresentado, nesta terça, traz três propostas de emenda constitucional - a PEC emergencial, a PEC do pacto federativo e a PEC dos fundos públicos.