RS vai defender imunização de professores ao Ministério da Saúde

RS vai defender imunização de professores ao Ministério da Saúde

Mobilização contará com presenças de chefes de Poderes e de representantes do Cpers

Mauren Xavier

publicidade

Em um movimento articulado nos últimos dias, ocorrerá, nesta terça-feira, a partir das 15h, um ato a favor da vacinação de professores contra a Covid-19. No encontro, que terá a presença de representantes de todos os poderes, entre eles o governador Eduardo Leite, e de integrantes do Cpers, será lançado um documento oficializando a posição do Rio Grande do Sul a favor da inclusão dos professores nos grupos prioritários na vacinação. 

Com o encontro, o presidente da Assembleia Legislativa, Gabriel Souza (MDB), com o acordo de líderes, suspenderá a sessão plenária de amanhã, para permitir que todos os deputados possam participar. Segundo Gabriel Souza, o ato se dá em cumprimento à exigência constante em lei federal para que seja feita a oficialização expressa de vontade do Estado junto ao Ministério da Saúde para inclusão dos professores no grupo prioritário de vacinação.

A articulação foi ampliada após encontro na sexta-feira, articulado por Gabriel Souza e pelo líder do governo, Frederico Antunes (PP), com a diretoria do Cpers e integrantes do Executivo. 

Apesar da mobilização, a deputada Sofia Cavedon (PT) ressaltou a necessidade de vacinação de todos os profissionais da educação, não somente os professores, para garantir o retorno seguro das aulas presenciais. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895