Salles tem qualidade, mas Weintraub 'brinca com futuro de crianças', diz Maia
capa

Salles tem qualidade, mas Weintraub 'brinca com futuro de crianças', diz Maia

Maia evitou responder se defende ou não a demissão dos ministros

Por
AE

“Ele está comprometendo o futuro das novas gerações, e a cada ano que se perde com ineficiência e com o discurso ideológico de péssima qualidade", disse

publicidade

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que criticou nesta quinta-feira os ministros da Meio Ambiente e da Educação, Ricardo Salles e Abraham Weintraub, respectivamente, quis deixar claro nesta quinta-feira em conversa com jornalistas, que vê diferenças na percepção que tem dos dois.

"Quanto ao Salles, eu acredito que ele radicalizou no ano passado, mas é um ministro que tem qualidade. Já o ministro da Educação atrapalha o Brasil, tem visão ideológica e brinca com o futuro de milhões de crianças", disse o parlamentar.

Falhas na verificação das provas do último Enem envolveram o ministro em mais uma crise. Após comemorar o que seria o melhor Enem de todos os tempos, Weintraub confirmou que milhares de notas haviam sido divulgadas com erros. Segundo o governo, 5.974 participantes do exame receberam notas erradas, o que levou a questionamentos na justiça.

Maia evitou responder se defende ou não a demissão dos ministros, ao dizer que essa é uma decisão que cabe ao presidente Jair Bolsonaro. Reiterou, em seguida, que tem uma boa relação com o Executivo no que se refere à agenda econômica.

O presidente da Câmara também não quis comentar a decisão de Bolsonaro de tirar o Programa de Parcerias e Investimentos (PPI) da Casa Civil e levar para o Ministério da Economia. "Não cabe ao Parlamento fazer críticas (a algo do Executivo)", disse.